Ganhos e Lucros no Lar

Ganho$ e Lucro$ no Lar

Maternidade e Trabalho Remoto – uma boa opção!

Como conciliar de modo positivo maternidade e trabalho? O seu sonho de ser mãe precisa ocupar o lugar do sonho de ter uma carreira profissional? Quais alternativas existem para aquelas que não querem abrir mão do trabalho remunerado, mas também querem estar presentes nos primeiros anos de desenvolvimento de seus pequenos? 

A maternidade é uma jornada repleta de alegrias e desafios

Para você e muitas mulheres, ser mãe é uma das experiências mais gratificantes da vida, proporcionando um sentimento de felicidade incomparável. No entanto, esse caminho pode se deparar com um dilema doloroso: a necessidade de retornar ao trabalho após a licença maternidade e deixar o filho pequeno na creche. Essa situação pode gerar angústia e sentimentos contraditórios na mulher, que anseia por acompanhar o desenvolvimento do seu filhinho. Neste contexto, o trabalho remoto pode surgir como uma solução promissora para conciliar o mundo profissional com a valiosa presença na vida do filho.

A felicidade de ser mãe é uma experiência única e profunda. A maternidade proporciona um sentido de propósito, amor incondicional e conexão emocional que transformam a vida da mulher de maneira significativa. Ver o sorriso do seu filho, ouvir suas primeiras palavras e testemunhar cada conquista são momentos que enchem o seu coração de alegria e gratidão. A maternidade oferece uma oportunidade de crescimento pessoal, ensinando lições de paciência, compaixão e resiliência. A satisfação de criar uma vida e ser uma figura de apoio para o filho é inestimável. Nesse sentido, maternidade e trabalho precisam caminhar em sintonia. 

Contudo, a volta às atividades laborais após a licença maternidade pode gerar um dilema doloroso para a nova mamãe. A necessidade financeira ou a realização profissional podem estimular a mulher a retomar suas atividades, porém, o ato de deixar o filho pequeno numa creche provoca ansiedade e insegurança. O medo de perder momentos cruciais do desenvolvimento do dele e a preocupação com o seu bem-estar podem causar angústia. Essa situação conflitante coloca a mulher numa encruzilhada entre a responsabilidade profissional e o desejo de acompanhar de perto o crescimento do seu pequeno.

Trabalhar de casa, de modo remoto surge como uma alternativa promissora para as mulheres que são mães e enfrentam o dilema de equilibrar maternidade e trabalho. Com os avanços tecnológicos e o reconhecimento da eficiência do trabalho remoto, muitas profissões possibilitam essa modalidade. Essa opção proporciona à mulher a chance de manter-se ativa profissionalmente, contribuindo para o sustento familiar, enquanto permanece próxima do filho. A possibilidade de estar presente nos momentos marcantes da infância da criança reduz a sensação de estar agindo contra seu papel de mãe e a ansiedade associadas ao afastamento físico. Aqui  vale uma observação de que, culturalmente falando, a mulher sofre a pressão de ‘ter que dar conta de tudo’ se esforçando ao máximo para desempenhar seus papéis: mãe, esposa, trabalhadora… da melhor maneira possível. Fator que aumenta ainda mais o dilema da escolha entre qual melhor caminho a tomar. E isso muitas vezes tem um preço alto e mulher acaba pagando com a própria saúde física (e até mental), sentindo-se esgotada, literalmente falando. Um trabalho na CLT, por exemplo, assegura a licença-maternidade por um período de tempo, e, determina o retorno ao trabalho, que normalmente é longe de casa (sem contar o tempo que se leva no trajeto casa-trabalho-casa).

Maternidade na era digital

Na era digital, o trabalho remoto permite que você que é mãe desfrute de uma flexibilidade inestimável. Poder gerenciar seu tempo de trabalho de forma mais adaptável, reservando momentos ao longo do dia para se dedicar aos cuidados do filho. Além disso, a proximidade física possibilita maior participação na rotina da criança, auxiliando no seu desenvolvimento e fortalecendo os laços familiares. O fato de não ter deslocamento para o escritório também confere maior disponibilidade para momentos de lazer e aprendizado em família.

Nunca antes maternidade e trabalho foram papéis tão possíveis de se executar em conjunto, com ganhos reais, principalmente no aspecto emocional da mulher na era digital. O trabalho remoto apresenta-se como uma alternativa valiosa, uma opção a ser pensada com carinho e atenção pela mamãe do século XXI. São inúmeras as possibilidades de se gerar renda extra trabalhando a partir de casa.  Seja trabalhando como secretária virtual,  no marketing digital, no artesanato…

Isso sem deixar de mencionar a possibilidade de você poder monetizar uma ideia. Algo como transformar um talento seu, por exemplo, organizar o quarto do seu bebê que está para nascer. Pode parecer algo óbvio, mas é provável que muitas futuras mamães não saibam como fazer. De que jeito? Criando um e-book, fazendo vídeos explicativos ou algo assim. As possibilidades são inúmeras para você ganhar renda extra com uma ideia criativa! 

Se você quiser conhecer mais a fundo algumas maneiras de monetizar suas ideias, convido você a adquirir o e-book ‘Concretizando sua (auto)confiança: desenvolva sua segurança e monetize suas ideias’, clicando no link abaixo. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *